Maria Lopes

Maria Lopes

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Homeopatia Direito de Todos.

A Hora de recorrermos a Arnica Montana é A-GO-RA.

                                       Brasil. Brasil. Brasil. 

                                Homeopatia Direito de todos. 

                                        
Parabéns !!!
        Seu site obteve o 2º lugar na edição de Agosto de 2016 do ranking de sites
                                                                
                                                               Top30 Brasil.


Homeopatia Direito de todos. 

Os leitores, visitantes e seguidores do Blog Maria Lopes e a Homeopatia Metafísica estão acostumados  e sabedores de que contraindico o uso indevido de todo ou qualquer medicamento sem o acompanhamento de um profissional gabaritado. 

O Blog Maria Lopes e a Homeopatia Metafísica tem como objetivo mostrar outras opções de tratamento e ao se identificar com um ou mais itens relativos a determinada homeopatia se auto questione se o seu quadro atual ou mesmo em algum momento passado em sua vida, disser respeito a sua patologia ou estado emocional atual, se por ventura se assemelhar a seu caso procure por favor um especialista idôneo para orientação e indicação ou prescrição da melhor dinamização relacionada ao uso de determinada substância homeopática.    

Jamais em tempo algum a Homeopatia que foi prescrita para a sua vizinha poderá ser útil ao seu caso específico, no entanto em determinados momentos em nossa vida principalmente no que tange a traumas coletivos, terremotos, vendavais, incêndios, assassinatos, tragedias, guerras, enfim situações que nos agridam ou que passamos ou mesmo que seja relativo ao nosso semelhante, em nosso país ou além fronteiras, se nos incomodam e nos machucam emocionalmente, única e exclusivamente nestes casos a Homeopatia poderá ser o melhor recurso ao coletivo. 

Não devemos nos ater ao uso da Homeopatia apenas mais um recurso terapêutico, mas  para que a utilizemos com consciência do ato que estamos praticando e nos decidindo como a melhor opção de escolha em determinado momento de nossas vidas. 

Homeopatia Metafísica é Ciência e a Arte da Cura,  procuro transcrever usando uma linguagem a mais corriqueira e popular possível de modo que todos tenham condições de compreender e fazer uso deste valioso método complementar para o nosso equilíbrio e qualidade de saúde e vida.

Porque  a Maria Lopes indica Arnica Montana para os momentos de grandes mudanças em nosso Planeta, estarão os leitores a se perguntar. ?!


A terceira lei de Newton pode ser descrita da seguinte forma:
A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: ou as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em sentidos opostos.
Trecho original em latim da terceira lei de Newton em sua obra Principia
Actioni contrariam semper et aequalem esse reactionem: sine corporum duorum actiones in se mutuo semper esse aequales et in partes contrarias dirigi. 
Leia mais em: http://ciencia.me/S2ekz
          Se formos agredidos e não usarmos de algum recurso para  dissolver este trauma certamente poderá ser quase que imediata a nossa reação negativa a que o nosso organismo venha a se defender, podendo ser por uma enxaqueca, diarreia ou choro , enfim temos que de alguma forma liberarmos nossos traumas emocionais, caso contrário resultará em algum tipo de patologia no futuro, embora possamos nem sequer nos lembrarmos do fato ocorrido em algum momento de nossas vidas.  

Se você estiver se sentindo injustiçado ou com a sensação de que lutou, conseguiu e depois viu todo um sonho se desmoronar a hora de recorrer ao uso da Arnica Montana é agora e imediatamente vá a farmácia de Homeopatia mais próxima e adquira um fraco de:

Arnica Montana CH6 / 15 Ml   / álcool 30 %. 
Modo de usar. 6 gotas com um pouco de água de 3 ou 4 vezes ao dia. 
Período 30 dias. 


Obs: Contraindo uso da Homeopatia diluídas em soluções hidroalcoólicas (se por ventura   o indivíduo for considerado dependente ou ex dependente de bebidas alcoólicas). 

Normalmente indico a Homeopatia diluídas em soluções hidroalcoólicas para termos um melhor e mais rápido resultado da substância homeopática que se esteja sendo usada. 
Maria Lopes de Andrade.
Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista, Parapsicóloga Clínica, Acupunturista,Reikiana Master, inacabado de Pedagogia pela Uninter-  Faculdade Internacional de Curitiba, Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).,Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego,
Terapeuta Integrativa, novo conceito da OMS (Organização Mundial da Saúde)  por  integrar a mente, o corpo e o espírito no tratamento das pessoas.
Cursando A Arte de Cuidar, Extensão Universitária pela UNIPAZ, Universidade Internacional da Paz.


Por favor antes de continuar a leitura.

Ligue o som em volume baixo,

Permita-se relaxar, 

Curta um momento de Paz com você mesmo. 

Que neste momento Tenhamos Paz, Amor e Luz. 

O mundo não mudará se não fizermos a nossa parte. 

Se desligue um momento de seus problemas,

 patologias ou traumas.

E sinta-se que seu corpo se envolve em Luz.

Pense neste instante

Eu Sou Luz.

Eu Sou Luz

Eu Sou Luz

Somo energia e portanto somos Luz

Que tenhamos Paz, Amor e Luz.

Desejo que você Seja Feliz.
Maria Lopes. 

                               


ARNICA MONTANA - MATÉRIA MÉDICA - HOMEOPATIA





O paciente está deprimido, triste. 
Quer ficar tranquilo, sozinho, em paz. 
Não quer que lhe falem ou que se aproximem dele.
Assusta-se com muita facilidade.
Padece de irritabilidade e alguma teimosia.
Apresenta uma indiferença muito grande causada pela fadiga. Esta pode conduzi-lo à prostração. Inconsciente, quando lhe falamos responde coerente e corretamente, mas retorna de imediato àquele estado que pode ser acompanhado de delírio.
Agita-se para encontrar um lugar ou posição que lhe permita ficar tranquilo.
Tem insonia: seja qual for o leito em que se deite, parece-lhe excessivamente duro, muda constantemente de lugar em busca da maciez. Por vezes geme enquanto dorme.
Medo da morte. Pensa que vai morrer nos próximos tempos.
De carácter nervoso, a dor torna-se insuportável. O corpo está hipersensível. Apesar de doente, diz estar bem de saúde.
Traumas psicológicos.

O corpo parece dorido e com contusões, como se tivesse sido pisado ou espancado. É o grande remédio dos traumatismos, seja qual for o órgão lesado; mesmo que o traumatismo não seja recente e tenha deixado sequelas. Afecções traumáticas dos músculos. Fracturas que se complicam, com supuração abundante.
Sensação de quebra local ou geral, após qualquer tipo de acidente traumático: pancadas, quedas, contusões, etc.
Prevenção do traumatismo cirúrgico.

Acidentes vasculares cerebrais por efeito de violentos esforços, de uma grande emoção.
O rosto, ou a cabeça e o rosto estão quentes, enquanto o resto do corpo está frio.
Nariz frio.
Meningite que surge após traumatismo.
Apoplexia, perda de consciência com relaxamento dos esfíncteres. Na apoplexia reabsorve os derrames.

Descolamento traumático da retina. Hemorragias da retina ou da conjuntiva com derramamento e como consequência de traumatismo.

Mau hálito. Arrotos de odor pútrido, como de ovos podres, especialmente de manhã.
Evacuação involuntária com incontinência durante o sono.

Tosse durante o sono. Tosse dos cardíacos à noite.

Perturbações cardíacas dos atletas. Situações de cansaço cardiovascular. Hipertensão arterial.
Hemorragias traumáticas. Prevenção das hemorragias post-partum.

Na menopausa, grande fraqueza com palpitações, dores generalizadas. A cabeça está quente, o corpo frio. Equimoses por qualquer toque ou pancada mesmo que leve.

Reumatismo e gota, com medo de ser tocado por quem se aproxima.
Não pode caminhar direito, já que tem uma sensação de contusão, pisadura, ao nível da região pélvica.
Lombalgias de esforço, estáticas, da obesidade.
Paralisia do lado esquerdo.

Tendência a fazer pequenos furúnculos, simétricos, muito sensíveis.


AGRAVAÇÃO: pelo menor contacto; pelo repouso; pelo movimento; pelo vinho.

MELHORA: estando deitado com a cabeça baixa, mesmo que o leito pareça duro; por aplicações quentes.





Para um aprofundamento do estudo do medicamento, ver no site,http://www.homeoesp.org - Livros online » Matéria Médica dos Principais Medicamentos Homeopáticos, os estudos de três homeopatas de renome, que qualificámos como o A, B, C da matéria médica homeopática:
- Allen, Henry Clay
Keynotes
- Boericke, William
Matéria Médica
- Clarke, John Henry
Dictionary of Practical Materia Medica


terça-feira, 16 de agosto de 2016

Blog Maria Lopes e a Homeopatia e o Selo do Mês de Agosto.


Maria Lopes e a Homeopatia Metafísica é considerado popular nas redes sociais. 

Obrigada por sua visita. 



Marialopeseahomeopatiametafsica.blogspot.com has26% seo score.


http://marialopeseahomeopatiametafsica.blogspot.com.webstatsdomain.org/#safety_block


Poder, Alegria e Introspecção


 Pense Sempre Positivo para alcançar a Saúde que tanto almejas. 

Independente do que estiver ocorrendo em sua vida, Sorria.

Permita-se ser Feliz. 

Obrigada por sua presença neste Blog. 

Volte sempre.

Dúvidas?????
email
 marialopesdeandrade.lopes034@gmail.com

A resposta é grátis

Maria Lopes. 




quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Maria Lopes por qual motivo você publica nas redes sociais sobre Matéria Médica Homeopática?



Maria Lopes por qual motivo você publica nas redes sociais sobre Matéria Médica Homeopática, estará o leitor a se perguntar.  

Faço questão de estar sempre atualizando os blogues sobre homeopatia  como um dos modos de compartilhar saberes que adquiri ao longo de minha vida com o  público em geral.

Conhecimento não ocupa lugar e colabora para mantermos nossas mentes ágeis e ativas.  

Não significando que o leitor deva se tratar apenas por ler os temas em questão, sou a favor, de que se alguém se identificar sobre determinada homeopatia, possa se auto pesquisar, questionando se este ou aquele medicamento homeopático de alguma forma se torne um auxiliar ou mesmo complemento em  determinado tratamento que por ventura se esteja realizando.

Os leitores que me acompanham pela telinha do PC sabem que sou a favor que após a identificação homeopática, se busque um profissional gabaritado para auxiliá-lo quanto ao melhor modo de tratamento na Arte da Homeopatia. 

A homeopatia e dinamização que por ventura possa ter sido de utilidade para alguém que você conheça, certamente não será a mesmo que você usará. 

A Homeopatia baseia-se em Leis específicas que deverão serem seguidas para o melhor alcance no resultado de determinado tratamento. 

 Hoje posto sobre a Staphisagria em virtude do mundo estar passando por momentos extremamente violentos e por ser a homeopatia que poderá nos ser de grande valia no presente e porque não falarmos também em função de futuro?

Presente e futuro como assim, ao longo de nossas vidas vamos acumulando disabores, perdas  e tantos outros desgostos que terminam em resultar em patologias em nosso organismo, no entanto não significa tratar-se de mágica homeopática, ao optarmos pelo uso de determina homeopatia, torna-se necessário que o indivíduo encontre pelo menos 2 ou 3 semelhanças com o medicamento que se apresenta. 

É   fator importante o leitor saber que o fato pode ter ocorrido no passado, mas 
 ocorreu e está somatizado em seu modo de ser e se não tratado em algum momento da vida a doença poderá surgir quando nos encontrarmos fragilizados por novas agressões do dia a dia em nossa própria vida ou no coletivo. 

Hoje em dia nos deparamos em virtude das mais diversas formas de comunicação, com os fatos que ocorrem no mundo quase que instantaneamente, portanto se apenas mesmos pelos noticiários, estas violências nos afetam diretamente, embora nem pensemos em tal fato, entenda que estamos sempre lidando com vida energia.   


Outro ponto fundamental não é na primeira leitura que poderemos dizer que esta ou aquela homeopatia me seja compatível com meus anseios, por não ser o objetivo homeopático tratar apenas a patologia, mas sim o indivíduo dentro do que melhor se assemelhe aos dados pesquisados e coletados cientificamente por Hahnemann (O Pai Da Homeopatia). 

 

           A Homeopatia baseia-se em leis naturais fixas 
                      e imutáveis e são 4 seus 
                                 Princípios Fundamentais:

1 . LEI DOS SEMELHANTES

Hahnemann retomou o princípio da semelhança de Hipócrates (460 - 377 a.C.), quando realizou a primeira experiência com quinino em si mesmo e sentiu que havia encontrado a resposta à sua procura de uma arte de curar lógica e realmente eficaz e curativa. Realizou suas experiências com metodologia científica, obtendo resultados que podem ser reproduzidos quantas vezes se desejar.
Para melhor compreensão da diferença entre o princípio dos semelhantes e o princípio dos contrários vamos usar uma imagem criada pelo homeopata americano Dr. Herbert A. Roberts. Imaginemos um trem, representando a enfermidade, que corre a uma determinada velocidade. Para aniquilar essa enfermidade podemos enviar um trem em sentido contrário (medicamento alopático), ou podemos modificá-la enviando um trem no mesmo sentido (medicamento homeopático), mas numa velocidade maior e que, após encontrá-lo, imprime ao conjunto uma nova velocidade. É assim que age o medicamento homeopático: imprime à Energia Vital um padrão vibratório semelhante e mais forte que o preexistente.
Pela Lei dos Semelhantes, as substâncias existentes na natureza (de origem mineral, vegetal e animal) têm a potencialidade de curar os mesmos sintomas que são capazes de produzir. Exemplificando de uma maneira bem simples: se uma pessoa ingerir doses tóxicas de uma substância chamada Arsenicum album, irá apresentar sintomas tais como dores gástricas, vômitos e diarréia; se, por outro lado, dermos essa mesma substância, preparada homeopaticamente, a um enfermo que apresenta dores gástricas, vômitos e diarréia com características semelhantes àquelas causadas pela substância em questão, obteremos como resultado a cura desses sintomas.

2 . EXPERIMENTAÇÃO NO HOMEM SÃO
As experimentações com substâncias preparadas homeopaticamente, devem ser realizadas em homens sãos para que possam ser usados para curar homens doentes. Por que em homens sãos e não em animais? A doença se manifesta não só por sinais objetivos observáveis pelos sentidos, mas também por sintomas e sensações subjetivas. Não seria possível registrar completa e fielmente as sensações subjetivas de cães, ratos ou gatos, pois estes não poderiam comunicá-los durante as experimentações.
Não existem dois seres humanos exatamente iguais na saúde ou na doença; cada um tem sua individualidade, sua impressão digital. Poderiam os animais assemelharem-se aos seres humanos mais do que os próprios seres humanos entre si? Para tratamento dos animais ou das plantas usamos os resultados das experimentações nos seres humanos, por analogia de sintomas, até que sejam realizadas experimentações específicas para cada espécie.
As experimentações são realizadas pela administração de uma determinada substância a um grupo de indivíduos (chamados de experimentadores), considerados saudáveis após passarem por exames clínico e laboratorial, e que não sabem que substância estão experimentando. Em cada experimentação, os sintomas físicos, mentais, emocionais, as sensações e alterações no modo de ser e estar, de reagir e interagir com o meio, que vão surgindo nos experimentadores, vão sendo cuidadosamente anotados e, posteriormente, classificados e analisados, dando origem ao que chamamos de Patogenesia.
Muitos medicamentos foram experimentados e reexperimentados várias vezes e por muitos autores. Outros medicamentos foram menos estudados e necessitam de novas experimentações para ampliar nosso conhecimento com relação ao seu campo de atuação ou potencialidade curativa. É a esses conjuntos de sintomas de um determinado medicamento registrados em livros específicos, isto é, às Patogenesias, que o médico homeopata recorre a fim de encontrar o medicamento mais semelhante a cada caso, o medicamento que chamamos de Simillimum.
Diante do exposto, é fácil entender a impropriedade e erro do conceito que "se o medicamento homeopático não faz bem, mal não faz". Como vimos, o medicamento homeopático pode, potencialmente, provocar os mesmos sintomas que é capaz de curar.

3 . DOSES MÍNIMAS E DINAMIZADAS
No início de suas experiências, Hahnemann usava medicamentos diluídos, porém ainda contendo matéria. Com o tempo foi percebendo que essas diluições ainda eram suficientemente fortes para causarem, às vezes, sérias agravações quando os medicamentos eram administrados aos pacientes. Devido a essas reações indesejáveis, passou a diluir cada vez mais os medicamentos, percebendo que obtinha melhores resultados quando eram também agitados. Foi assim que chegou às doses infinitesimais (extremamente diluídas) e dinamizadas.
Observou que à medida em que a massa ia sendo diluída, mais energia as substâncias pareciam desprender pelo processo de agitação. Não era a quantidade de substância que importava, ao contrário, quanto menor a quantidade presente e quanto mais agitada era a diluição, maior potencial de energia curativa possuíam. Portanto, o medicamento homeopático é uma forma de energia que atua sobre a Energia Vital dos seres vivos. A dose diminuta prescrita pelo homeopata, não é mera diluição ou atenuação da droga forte. Ela é o que se chama potência, isto é, algo que possui poder.
As doses mínimas e dinamizadas, que sempre foram e continuam sendo inseparáveis da prática homeopática, têm sido com certeza o maior obstáculo à aceitação e adoção desse método terapêutico com maior amplitude pelos médicos em geral. Por lidarmos com sintomas subjetivos e com um tipo de energia extremamente sutil, as pesquisas devem ser realizadas dentro de um novo paradigma, com outros instrumentos de avaliação e análise dos resultados.
4 . MEDICAMENTO ÚNICO
Hahnemann recomendava o uso de apenas um medicamento de cada vez, ou seja, o medicamento que contivesse o maior número de sintomas que o paciente apresenta.
Existem divergências, como em todos as especialidades médicas e em todas as áreas do conhecimento humano, entre as várias escolas homeopáticas em todo mundo. Todas têm suas razões e ponderações.
Temos basicamente duas tendências: a UNICISTA, que usa apenas um medicamento para tratar todos os sintomas de um determinado paciente, e a PLURALISTA, que usa vários medicamentos, um para cada grupo de sintomas do paciente, como é feito na Alopatia.
Fonte: http://www.homeopatiagoiana.hpg.ig.com.br/saude/10/index_int_3.html


Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO - Cursos Online : Mais de 1000 cursos online com certificado 
http://www.portaleducacao.com.br/enfermagem/artigos/713/principios-fundamentais-da-homeopatia#ixzz4GwHGkgxq


LATHOUD - Delphinum STAPHISAGRIA ou erva dos piolhos
cresce em lugares sombrios ao meio-dia na França, Itália e Europa meridional
cada semente contém um caroço que contém uma substância gordurosa de forte odor desagradável e que parece ser uma substância ativa
pele com lesões crostosas e secretantes
cólera reprimida
sensibilidade às críticas extremamente acentuada
REPERTÓRIO: engole enquanto ao falar, demonstrando simbólicamente como "engole" desaforos
tristeza suprimida
conteção e/ou supressão
pós-operatório
exemplo de quem foi cortada à traição

Indivíduos STAPHYSAGRIA contam com uma série de sintomas aparecem após um ato cirúrgico e que têm uma história de desequilíbrio não só orgânico como tb mental de fato, carregando dentro de si uma ferida aberta onde a indignação tem um peso marcante, dando-lhes às vezes...

"o que vem de baixo não me atinge"

KENT - não dorme à noite
perde a memória com sensação nos olhos
sensação de embotamento
crianças são caprichosas -fazem birras- exigem de seus pais sacrifícios econômicos

sensação de quem foi apunhalada pela vida
têm idéia persecutória
altaneira, orgulhosa, escrupulosa, obsessão sexual, por excesso de masturbação
excitabilidade com irritabilidade

sofrem por amor não correspondido
sofrem por serem tratados com grosseria
têm sentimentos contidos ou reprimidos
A máxima "o que vem de baixo não me atinge" não é verdadeira em STAPHYSAGRIA,
pois carregam em si uma ferida aberta onde a indignação tem peso marcante

HAHNEMANN
sério, silencioso, ocupado consigo mesmo
mau humor silencioso
inquietude
não encontra descanso em nenhum lugar
sua cabeça está confusa e seu espírito deprimido
sente grande cansaço e sonolência depois de comer
sente-se renovado e contente após uma caminhada

PSORA PRIMARIA: indignação
tem impressão de que foi insultado e não revidou

PSORA SECUNDÀRIA: tristeza reprimida
transtornos por indignação, desprazer

SICOSE: hipocondria, insônia, memória débil, injuriada - ofende-se

SÍFILIS: indiferença, prostação mental, cabeça confusa, espírito deprimido, enfadado, tedioso, sonho com assassinos

Indicações: 12CH, 30CH


REFERÊNCIAS: 
BOERICHE, William. Manual de Materia Medica Homeopatica. São Paulo: Produção Editorial, 1997.
BRUNINI, Carlos e SAMPAIO, Carlos. Materia Medica Homeopatica Homeopatica - IBEHE - volume II. São Paulo: Instituto Brasileiro de Estudos Homeopaticos e Mythos Engenharia de Mercado Ltda. - 2a. edição revisada e ampliada, 1992. 
LYRIO, Carlos. Apostila de Capacitação em Homeopatia, Petropolis: Instituto Roberto Costa, 2008.
http://homeopatia-em-gotas-ohana-rianelli.blogspot.com.br/2008/10/staphysagria.html
^

                   Maria Lopes de Andrade.

A convite do Ministério do Trabalho e Emprego Participei.




Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista, Parapsicóloga Clínica, 

Acupunturista,Reikiana Master,

 inacabado de Pedagogia pela Uninter- Faculdade Internacional de Curitiba,

 Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).,

Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego, Terapeuta Integrativa, novo conceito da OMS (Organização Mundial da Saúde) por integrar a mente, o corpo e o espírito no tratamento das pessoas. 

Dúvidas: marialopesdeandrade.lopes@gmail

Não se preocupe a resposta é gratuita.

Se por ventura tiver alguma dúvida quanto a patologias noutras regiões ou países, favor enviar-me por email.  Maria Lopes. Rio de Janeiro/Brasil. 

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Selo de Agosto do Blog Maria Lopes e a Homeopatia Metafísica

Obrigada por sua visita. 

Marialopeseahomeopatiametafsica.blogspot.com.br is ranked 386th in the world (amongst the 30 million domains). A low-numbered rank means that this website gets lots of visitors. This site is relatively popular among users in thebrazil. It gets 92.9% of its traffic from the brazil . This site is estimated to be worth $11759407. This site has a lowPagerank(0/10). It has 0 backlinks. Marialopeseahomeopatiametafsica.blogspot.com.br has 67% seo score.

http://marialopeseahomeopatiametafsica.blogspot.com.br.webstatsdomain.org/

General Statistics