sábado, 22 de setembro de 2012

O que é a Nosodioterapia? Nosódios Vibracionais? Homeopatia?

Os Nosódios tiveram origem ainda na época de Hahnemann (O criador da homeopatia). Wilhen Lux, discípulo de Hahnemann, foi o precursor deles, inicialmente utilizando-os em animais.


Posteriormente o Dr. Eduard Bach (O criador dos Florais de Bach) e seu colega Jhon Paterson passaram também a utilizar os princípios da nosodioterapia para curar diversas pessoas no hospital em que trabalhavam.


No Brasil se destacou inicialmente o nome de Licínio Cardoso e posteriormente o Dr. Roberto Costa, o criador dos Nosódios Vivos. Os discípulos do Dr. Roberto Costa criaram o Instituto Roberto Costa, que é referência internacional em Nosodioterapia até os dias de hoje. Dos Nosódios Vivos originaram-se os Nosódios Vibracionais.


Antes de falar dos Nosódios Vibracionais, vamos entender o que são os Nosódios Vivos.


Explicando de uma forma bem simplista, a grande diferença da homeopatia para a nosodioterapia é que a homeopatia produz remédios dinamizados de elementos da natureza, enquanto a nosodioterapia dinamiza além de produtos naturais, produtos originados de matrizes orgânicas, como tecidos (Pele, Nervos, etc), órgãos (Fígado, Pâncreas, etc), secreções (Colesterol, Triglicérides, etc), Bactérias Intestinais, Remédios homeopáticos, etc.


Lembrando sempre que a dinamização é tão grande, que não se encontra traços químicos da matriz orgânica, apenas a sua vibração em forma de energia.


Os Nosódios Vibracionais são produtos naturais originados de matrizes de Nosódios Vivos através de um processo denominado Transferência Farmacológica de Frequência (TFF).


Neste processo são transferidas as frequências terapêuticas dos nosódios vivos por meio de ressonância eletromagnética utilizando a água como veículo, dando origem ao Nosódio Vibracional.


Os Nosódios Vibracionais possuem uma atividade magnética específica agindo positivamente e estimulando a recuperação do organismo dentro da lei terapêutica da analogia ou isopatia (igual cura igual).


O Nosódio Vibracional não tem contato químico com qualquer tipo de tecido biológico, o que o torna um produto natural e não um fármaco. Eles são absolutamente naturais, não apresentam qualquer tipo de risco, efeitos colaterais, incompatibilidade ou contra-indicações.


Os Nosódios são produzidos pelo Instituto Roberto Costa, referência mundial em nosodioterapia, que tem sua sede localizada no RJ.


Como um sistema terapêutico completo, os Nosódios Vibracionais são utilizados para estimulação do Sistema Imunológico para que o próprio corpo combata as desarmonias e retorne o organismo a homeostase.


Muitos problemas de saúde ditos crônicos pela Medicina Convencional podem ser amenizados ou até resolvidos com o uso da Nosodioterapia como terapêutica complementar.


Vamos conhecer agora mais sobre os Nosódios Vibracionais:


Constitucionais -> Equilibram a flora intestinal potencializando o Sistema Imunológico do paciente. Existe para cada biotipo de pessoa um Nosódio Constitucional específico.


Organoterápicos -> Auxilia o organismo levando a vibração da saúde aos tecidos e órgão lesados. Existe um nosódios específico para cada tecido/órgão/secreção do organismo. Por exemplo, o Nosódio Pâncreas, é utilizado para alguns tipos de Diabetes, o Nosódio Osso, é utilizado para problemas ósseos, etc.


Drenadores -> São os responsáveis por auxiliar o Sistema de Defesa do organismo a combater os sintomas das doenças (dores, mudanças estéticas, etc). Também são específicos para cada tipo de problema. Por exemplo, tem um nosódio específico para problemas articulares, assim como tem um específico para problemas circulatórios, etc.Cosméticos -> São géis, cremes e shampoos utilizados para tratamentos de pele, caspa, problemas circulatórios, problemas linfáticos, articulares, reumáticos, etc.


Séries -> São diversos nosódios específicos para problemas que exigem um longo tempo de tratamento, como o tratamento de alergias, vírus, ácido úrico, reumatismo, etc. Adquiri-se a quantidade de nosódios para todo o tratamento (equivalente a 1 ano), e estes vem com potência específica, crescente ou decrescente, variando de acordo com o problema a ser combatido.


Boticas -> Assim como as séries, as boticas são utilizadas para tratamentos mais longos, de problemas mais graves como dependência de drogas, alcoolismo, obesidade, tabagismo, etc.


Isoterápicos -> São como vacinas, previnindo diversos problemas, como dengue, gripe, piolho, verminose, etc.Para saber mais acesse: http://www.robertocosta.org.br/

2 comentários:

  1. Faço uso de nosódio há quase um ano e adorei o resultado. Rinite praticamente desapareceu. Meu filho Dayan, autista, 21 anos, teve resultados muito positivos com auto nosódio. O intestino passou a funcionar quase que normalmente. Ele tinha constipação crônica.

    ResponderExcluir
  2. Sou grata por seu comentário. Felicidades para você e seu filho. Bom Dia.

    ResponderExcluir