quinta-feira, 16 de julho de 2015

Zincum metallicum e nervosismo

Zincum metallicum e nervosismo

 

Origem
O zinco, de símbolo Zn, de número atómico 30 e de massa molecular 65,37 é um elemento químico metálico duro, branco azulado, obtido diretamente da indústria química.
O zinco é citado pela primeira vez no princípio do século XVI por Paracelso no tratado. De re metallurgica. Atualmente, é muito utilizado em oligoterapia, porque intervém no organismo na síntese dos ácidos nucleicos (na origem do AND e do ARN), no crescimento, nas perturbações cutâneas e como imunomodulador.
Indicações
Esgotamento nervoso
  • O esgotamento nervoso traduz-se nos sujeitos ansiosos, que respondem bem, por:
  1. uma insónia, ou um sono agitado notável petos seus sobressaltos noturnos, impaciência nas pernas, cãibras, despertares em sobressalto ou ranger de dentes dos sujeitos:
  2. uma agravação geral, cefaleias à mais pequena absorção de excitantes, sobretudo de vinho, e uma intolerância ao barulho;
  3. dificuldades escolares.
  • Portanto, este medicamento é muitas vezes útil:
  1. no esgotamento intelectual dos estudantes, durante estudos prolongados;
  2. nas vigílias prolongadas e repetidas dos estudantes, dos trabalhadores noturnos, ou com turnos 3×8;
  3. na síndroma das pernas sem repouso ou abanões periódicos dos membros inferiores que impedem ou incomodam o sono;
  4. nos abusos sexuais;
  5. nas intoxicações alcoólicas;
  6. na espasmofilia.
Doenças de pele
As dermatoses secas – eczema, líquen, psoríase – provocadas por intoxicações medicamentosas, que pioram com o álcool e melhoram com o aparecimento da menstruação.
Perturbações da menstruação
Que se manifestam através de:
  • uma síndroma pré-menstrual na qual o nervosismo e a agitação dominam, assim como uma dor no ovário esquerdo que acalma logo que a menstruação começa;
  • menstruação dolorosa das mulheres que respondem bem.
Varizes
Nas mulheres cujas pernas nunca estão quietas; as varizes dos membros inferiores são dolorosas, tortuosas acompanhadas por edemas nos tornozelos.
As dores, piores antes da menstruação, melhoram logo que esta última começa.
Zincum metallicum convém se
Os fatores desencadeantes forem:
  • Esgotamento intelectual ou nervoso.
  • Vigílias prolongadas.
  • Alcoolismo.
  • Supressão de uma erupção ou de uma eliminação natural.
As modalidades forem:
  • Uma agravação com o vinho, os excitantes, os medicamentos, com a supressão de uma eliminação.
  • Melhoras com a menstruação, com as eliminações.
Os sujeitos que respondem bem a Zincum metallicum
São os sujeitos cansados, agitados psíquica e fisicamente.
A astenia psíquica manifesta-se através de um humor muito variável, uma compreensão mais lenta, perturbações da memória e uma intolerância ao barulho.
O seu nervosismo e a sua hiperemotividade traduzem-se por uma agitação permanente dos pés, tremores, abanões e sobressaltos que impedem de dormir.http://guiahomeopatico.com/zincum-metallicum/

2 comentários: